Desenvolvimento Pessoal e Comportamento

Livros, Papelaria, Filmes e Séries

Anúncio da Página

Seja Vip!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

* campos obrigatórios

Mar, reggae e skate


Quando ele passou no corredor da escola lhe chamou atenção sem nem perceber que em uma fração de segundos estava sendo observado pelos olhos dela.


Ela não sabia seu nome, e nem sequer ouviu o timbre de sua voz. Mas sentiu que algo acontecia naquele segundo. 


Paixão? Não exatamente...


Ela viu beleza sim. Não que ele fosse o mais bonito da escola, mas ela tinha um gosto um tanto peculiar de acordo com o padrão de algumas garotas.



Não lembra como exatamente aconteceu, mas ela conseguiu se aproximar. 


Seu nome era ... não importa tanto assim. Ela finalmente ouviu a sua voz. Ah, aquela voz!


Ele tinha um jeito aventureiro metido a louco, mas ela via que por trás daquela necessidade de afirmação de insanidade havia um "eu" mais profundo.


É ela tinha o dom de enxergar o "algo mais" das pessoas. 



Um encontro em uma noite, drops de melão e um beijo bastou pra nascer uma sintonia entre eles que não sabiam explicar.


No dia seguinte, ela estava um pouco confusa. E aliás, não esperava grande coisa dele. Surpreendentemente ele não sumiu.


Ele era (metido a) louco, assumia o papel de "Dom Juan" pela sua dificuldade de dizer não e receio de magoar as apaixonadas de plantão.


Falava da vida de uma maneira peculiar. Tinha encanto pelo mar, reggae e skate e também ideias estranhas do ponto de vista dela. Mas exatamente por isso ele era diferente dos outros garotos. 


Foi o seu primeiro amigo. O primeiro garoto com quem de fato ela era ela, e sentia que podia conversar sobre qualquer coisa. 


Namorados? Não exatamente...


Ele era ele. Com suas loucuras e relacionamentos paralelos desnecessários. Ela era insegura. Mas havia sentimento ali.


Amor? Não exatamente...


Era liberdade! Talvez isso era que os prendia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Design Por Manuelle Viana